Escolas estaduais reorganizam cronograma de designação de professores

 As escolas estaduais de Minas Gerais estão reorganizando o cronograma da chamada inicial para a designação e devem divulgá-lo amplamente entre os servidores já inscritos. O cronograma irá indicar as datas e horários para comparecimento dos candidatos, que acontecerá até o dia 6 de fevereiro, de 8 às 17 horas. As Superintendências Regionais de Ensino (SER) acompanharão o processo nas escolas para garantir que, no início do ano letivo, marcado para o dia 9 de fevereiro, o quadro de pessoal já esteja completo. 

Cada escola vai determinar o dia e horário para os professores e candidatos das demais funções comparecerem para a designação. Cada função e disciplina a ser lecionada terá um dia e horário específico. A designação será realizada diretamente nas escolas estaduais.

A classificação de professores está observando critérios como: candidato habilitado, concursado para a jurisdição; concursado para outra jurisdição; o que atuou na escola em 2003, obedecendo a ordem de classificação, entre outros. Os professores se inscreveram nas escolas em que tinham interesse em dar aulas. Para a classificação de especialistas e ajudantes de serviços gerais serão utilizadas as listas de inscritos de 2003, que  foi encaminhada pelas SRE às escolas.  

No ato da designação, o candidato deverá assinar os formulários “Quadro Informativo Função Pública” e de “declaração de acúmulo ou não de cargos, funções e proventos”, fornecidos pela escola. O exame pré-admissional é obrigatório e só estará dispensado o candidato considerado apto para o exercício da mesma função no ano de 2003 e que tenha exercido a mesma função em 2003, desde que o contrato não tenha sido interrompido por período superior a 60 dias. 

Documentação 

Os candidatos deverão apresentar os originais e cópias dos seguintes documentos: carteira de identidade; CPF; título de eleitor e comprovante de votação na última eleição; certificado de reservista, para candidatos do sexo masculino; PIS/PASEP, se tiver; comprovante de aprovação em concurso para o conteúdo ou função a que concorre; registro profissional, diploma ou declaração de conclusão de curso acompanhada de histórico escolar; comprovante de especialização para candidatos que pretendem atuar em escola que ministra educação especial; contagem de tempo como designado, na rede estadual de Minas Gerais no conteúdo ou função pleiteada; comprovante de conclusão de curso de pós-graduação na área da educação, com carga horária mínima de 360 horas e comprovante de homologação dos exames pré-admissionais. 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Secretaria de Estado de Educação


Escolas estaduais começam a formar chapas para o processo de indicação de diretores

Votação será realizada no dia 15 de fevereiro

Começam nesta quarta-feira, 28/01, e vão até o dia 6 de fevereiro as inscrições das chapas dos servidores interessados em se candidatar ao processo de indicação de diretores e vice-diretores das escolas estaduais de Minas Gerais. O cadastramento dos votantes vai até o dia 13 de fevereiro. Podem se candidatar os servidores efetivos e os designados, desde que estejam em efetivo exercício de suas atividades. A votação será realizada em 15 de fevereiro.

Só poderão formar chapas os candidatos que se submeteram, em dezembro, ao teste de conhecimentos específicos. É necessário também que os interessados tenham qualificação compatível com o ensino ministrado, de acordo com a Resolução na escola, dois anos de exercício na instituição de ensino e devem ainda estar aptos a exercer a presidência da Caixa Escolar. Além disso, o candidato não pode estar respondendo a nenhum processo administrativo.

Poderão votar no dia 15 de fevereiro os profissionais em exercício na escola e a comunidade escolar (alunos regularmente matriculados e freqüentes na 7ª e 8ª séries do ensino fundamental e no ensino médio, além da família dos alunos matriculados e freqüentes na educação infantil e no ensino fundamental, de 1ª à 6ª séries).

Cada escola terá uma comissão organizadora indicada pelo colegiado escolar para coordenar todo o processo. Essa comissão irá organizar assembléias para a exposição e discussão das propostas de trabalho dos candidatos. As chapas terão até 24 horas antes do início da consulta à comunidade escolar para divulgarem suas propostas.

Fonte : Assessoria de Comunicação Social da Secretaria de Estado de Educação

 

VOLTAR

             HOME            

lique aqui  para adquirircom foto de Ouro Preto

Adquira, leia, comente e divulgue o livro BANDA DE MÚSICA, a "Alma da Comunidade"    

Home***Quem somos*** cidade***Hotéis/pousadas***Distritos***Atualidades***Cultura***Notícias

Pau na moleira***Textos***Curiosidades***Manual de viagem***Links úteis***Pesquisa***Negócios***Fale conosco